Anuncios



sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Janaina Paschoal diz, que fala de Ministro do STF ‏está reduzindo as mulheres ao NADA.


Janaina Paschoal usou sua rede social no Twitter para criticar fala do Ministro Celso de Mello.
Janaina disse que fico estarrecida ao ouvir que mulheres não nascem mulheres, tornam-se mulheres, sobretudo quando entoa a frase um Ministro do STF.

Revoltada disse:

Amados, um observador mediano percebe que não sou partidária da ideia de que meninas vestem rosa e meninos azul. Também não comungo do entendimento de que mulheres querem ser bailarinas e não políticas.
No entanto, fico estarrecida ao ouvir que mulheres não nascem mulheres, tornam-se mulheres, sobretudo quando entoa a frase um Ministro do STF. Ainda que a ideia seja trazida em contexto que busca prestigiar a comunidade LGBT, indago: “em que isso ajuda as mulheres?”

Será que não se percebe que ao dizer que mulheres não nascem mulheres, tornam-se mulheres se está reduzindo as mulheres ao NADA. Será que não se percebe que, uma vez mais, conceitua-se mulher a partir do conceito de homem?

O que são nossas vaginas, nossos seios, nossos úteros, nossa inteligência emocional, nosso sexto sentido, nossa capacidade de fazer inúmeras coisas ao mesmo tempo, nossa capacidade de, além da vida profissional e política, gerar e alimentar outro ser humano? Nada?
Acordem, iludidas feministas! O discurso que vocês tanto aplaudem leva à destruição.
Quero ser respeitada e quero que as mulheres sejam respeitadas como seres capazes e dignos de fazer o que se determinam a fazer. Ofende-me, profundamente, ouvir que as mulheres são mera ficção.
Para reconhecer e fazer respeitar a comunidade LGBT, não é necessário esmagar a inegável, incrível, imprescindível e real existência da MULHER!

quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

Ex-governo petista de MG rebaixou risco de rompimento em barragem de Brumadinho


Durante a gеѕtãо de Fernando Pіmеntеl dо PT, nо соmаndо dо Estado de Minas Gerais, a Vаlе ѕоlісіtоu o rеbаіxаmеntо dе саtеgоrіа do еmрrееndіmеntо dе Mina dо Fеіjãо, еm Brumadinho, раrа conseguir umа lісеnçа аmbіеntаl válida роr mаіѕ 10 аnоѕ.A mеdіdа foi еlаbоrаdа e aprovada реlо Secretário dо Mеіо Ambiente dе Mіnаѕ Gerais, nа éроса Germano Luіz Gоmеѕ Vieira.Conforme a medida foi арrоvаdа, a Vale роdе асеlеrаr o lісеnсіаmеntо para alterações nа barragem que ѕе rоmреu nа ѕеxtа-fеіrа.
Fоntе: O Antagonista

Petrobras se livra da Refinaria de Pasadena por US$ 562 milhões


A unіdаdе nоѕ EUA, ԛuе ficou mаrсаdа соmо ѕímbоlо da соrruрçãо dоѕ gоvеrnоѕ petistas, custou aos соfrеѕ da empresa R$ 4,4 bіlhõеѕ, e fоі vendida por R$ 2,1 bіlhõеѕ.
A Petrobras еnсеrrоu nesta ԛuаrtа-fеіrа (30), соm umа реrdа соnѕіdеrávеl, um dos сарítulоѕ mаіѕ роlêmісоѕ de ѕuа hіѕtórіа.
A еѕtаtаl fechou a vеndа da Rеfіnаrіа de Pаѕаdеnа, nоѕ Estados Unidos, раrа a americana Chevron, por US$ 562 milhões (R$ 2,1 bіlhõеѕ).
A rеfіnаrіа, no entanto, havia custado аоѕ соfrеѕ dа реtrоlеіrа brasileira nada mеnоѕ ԛuе US$ 1,2 bіlhãо (R$ 4,4 bilhões).

A compra dе Pаѕаdеnа foi feita em duаѕ etapas.

Em 2006, durante o governo Lulа, a Pеtrоbrаѕ, соm o аvаl dо соnѕеlhо dе administração, раgоu US$ 360 mіlhõеѕ à еmрrеѕа bеlgа Aѕtrа Oіl роr 50% da rеfіnаrіа. Um аnо аntеѕ, o gruро belga havia dеѕеmbоlѕаdо ареnаѕ US$ 42 mіlhõеѕ роr 100% dа unіdаdе.

Mas o асоrdо, que já еrа ruіm, ѕе tоrnаrіа ainda pior. Alеgаndо estar seguindo algumas сláuѕulаѕ dо contrato, em 2012, a Pеtrоbráѕ pagou mаіѕ US$ 820 milhões pelos 50% remanescentes, іnfоrmа o “Eѕtаdãо“.

FONTE:https://soviuagora.blogspot.com/

UE reconhece Juan Guaidó como presidente interino da Venezuela A decisão foi anunciada depois que Maduro rejeitou realizar novas eleições presidenciais na Venezuela

UE considera Juan Guaidó presidente interino da Venezuela
Venezuela: a União Europa havia dado um prazo para que Maduro convoque novas eleições (Carlos Garcia Rawlins/Reuters)
Bruxelas – O Parlamento Europeu (PE) reconheceu nesta quinta-feira Juan Guaidó como presidente interino legítimo da Venezuela, após constatar que o presidente do país, Nicolás Maduro, “rejeitou publicamente a possibilidade de realizar novas eleições presidenciais” após o ultimato da União Europeia. Abaixo, veja o momento do anúncio.
O movimento não é inesperado. Há dias a União Europeia vinha pressionando o chavista Nicolás Maduro para que convocasse novas eleições gerais, sob o risco de o bloco formalmente apoiar Guaidó na posição de presidente interino. Maduro, contudo, resistiu, sinalizando estar disposto apenas a convocar uma eleição legislativa.
FONTE:https://exame.abril.com.br

Processo que poderia ter evitado a catástrofe de Brumadinho estava engavetado há quase 3 anos


Quando pensamos nos responsáveis pela tragédia de Brumadinho logo nos vem à mente os diretores da Vale. Talvez os engenheiros, que já estão presos preventivamente. Por último lembramos da responsabilidade do estado em fiscalizar essas barragens que precisam constantemente de avaliações técnicas. Mas e o poder judiciário, alguém lembrou dele?
Pois é bom lembrar que o judiciário mineiro tem grande responsabilidade por essa tragédia e precisa ser punido com os mesmos rigores da lei do que os outros culpados. Para entender melhor a situação, fizemos um apanhado de fatos que nos levaram a essa infeliz constatação.
“Na vida nunca se deveria cometer duas vezes o mesmo erro. Há bastante por onde escolher”. Com essa frase de Bertrand Russell, a Força Tarefa do Ministério Público de Minas Gerais ingressava, em novembro de 2016, com uma ação civil pública em defesa do meio ambiente junto à vara da fazenda pública de titularidade da Juíza Rosimere das Graças do Couto. A ação foi dirigida contra o Estado de Minas, governado pelo petista Fernando Pimentel.
O Ministério Público propôs a ação baseado no rompimento da barragem de Fundão, um empreendimento de extração mineral da Samarco Mineração S.A., empresa joint venture da Vale S.A. e da anglo-australiana BHP Billiton, em Mariana, ocorrido em cinco de novembro de 2015.
Para o MP-MG, foi “a maior catástrofe ambiental da história do Brasil” e, considerando eventos atribuíveis a causas humanas, “a catástrofe ambiental pode ser classificada, aliás, entre as mais graves registradas em todo o mundo, notadamente no hemisfério Sul”, afirmaram os promotores à época.
No caso de Mariana foram 19 mortes, sendo dois terços de trabalhadores terceirizados. Os outros óbitos envolveram crianças entre 5 e 7 anos e idosos entre 60 e 73 anos. Os feridos somaram 536 pessoas e mais de 10 mil pessoas foram afetadas direta ou indiretamente. Foram 389 casas destruídas, 2 postos de saúde e 6 escolas. Houve um colapso da economia regional.
Na ação, o MP questiona a técnica atualmente empregada na construção ou renovação de licenças de barragens de rejeitos ou resíduos de mineração baseadas no método a montante, caso de Brumadinho. A construção de barragens por esse método é, entre outras técnicas disponíveis, a que gera menos custos para o empreendedor, mas, ao mesmo tempo, a que implica mais riscos de rompimento e, consequentemente, de danos ambientais e sociais.
Acrescente-se a tudo isso o fato de o território de Minas Gerais estar localizado em zona de intensa atividade sísmica (20% de todos os eventos no território nacional, desde 1908, foram registrados em Minas Gerais). Por isso, barragens de rejeitos ou resíduos de mineração baseadas no método a montante apresentam maior risco em situações de sismos.
No Brasil, em 1993 (governo Itamar Franco), a questão inspirou a NBR 1302815, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que trata da “Elaboração e apresentação de projeto de barragens para disposição de rejeitos, contenção de sedimentos e reservação de água”, e estabelecia categoricamente no item 4.2 que: ”Não se recomenda o alteamento de barragem pelo método a montante”.
Por motivos que se desconhece, na versão de 2006 (governo Lula) da mesma Norma, a recomendação não mais aparece.
Nesse contexto todo, o MP-MG tinha como finalidade ao propor a ação judicial um posicionamento firme do Poder Judiciário naquele momento crucial da história de Minas Gerais e do Brasil.
O MP-MG fez a sua parte. Foi ao Poder Judiciário em 2016 e solicitou uma liminar urgente para obrigar o Estado de Minas, governado pelo PT, a não conceder ou renovar licenças ou autorizações que envolvessem instalações ou ampliações de barragens de rejeitos de mineração baseadas tecnicamente no método de alteamento para montante (para acessar a íntegra do pedido, clique aqui)
O MP sabia que algo pior poderia acontecer. No pedido feito à juíza Rosimere, o MP afirmou que “a se admitir a continuidade do emprego do método em questão para a gestão de rejeitos e resíduos da mineração, ampliar-se-ão as condições propícias a novas tragédias, com consequências irreversíveis”. Estava lá, na mesa da Juíza, desde 2016, um pedido de urgência para evitar novas tragédias.
Mas e o Poder Judiciário de Minas Gerais, o que fez? NADA!
O processo ficou parado todos esses anos, sem nenhuma decisão. A juíza Rosimere ficou como juíza responsável pelo caso até julho de 2018. Desde então, a atual juíza do caso é Renata Bomfim Pacheco. Somente após a “tragédia anunciada” de Brumadinho, na última segunda-feira (28), Renata resolveu desengavetar o processo e conceder a liminar ao MP-MG. O RC teve acesso a decisão: clique aqui.
Por 815 dias o processo ficou parado. Não há como negar que o Poder Judiciário de Minas tem sua parcela (e grande) de culpa. Esperamos que o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) investigue o caso.
Por ora, o que vimos é o presidente do TJMG, juntamente com uma das Juízas que engavetou o processo, visitando a cidade ou em “reunião de trabalho”, conforme noticia o site do tribunal (acesse aqui).
FONTE:https://republicadoriodejaneiro.com/

segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Choro e ranger de dentes em Minas Gerais. Governador eleito promete colocar milhares de petistas na rua

O governador eleito de Minas Gerais, Romeu Zema, do partido Novo, promete fazer uma devassa na administração pública e demitir milhares de petistas que 'lotam os armários' do governo mineiro. Segundo Zema, o atual governador Fernando Pimentel, do PT, abriu espaço para milhares de petistas de todo o país, a ponto de mudar o termo 'cabide de empregos' para armários completos repletos de petistas.

Interlocutores do PT afirmam que esse aparelhamento monstruoso não tem impacto na economia de um estado, mas ao que tudo indica, tem sim. A disposição do governador Romeu Zema não se limita a cortar milhares de apaniguados petistas ocupantes de cargos comissionados. Zema quer enxugar a máquina pública e pretende transformar o Palácio das Mangabeiras, residência oficial do governador, em um  “Museu das Mordomias para que todo mineiro veja como vive o imperador de Minas Gerais”.

Neste momento, vários petistas que recebiam salários de mais de R$ 10 mil estão devolvendo apartamentos e carros que compraram financiados. Desde a derrota do governador Fernando Pimentel, vários ocupantes de cargos comissionados se anteciparam e procuraram credores para o renegociamento de dívidas futuras. Segundo um servidor, a situação dos petistas no governo do Estado é crítica e já houve até mesmo casos de separação entre casais.

A CASA CAIU: Renan Calheiros recebe infeliz surpresa que pode definir o destino do senado!

Durante toda a última semana uma nova onda patriótica tomou conta das redes sociais, novamente o povo se uniu em uma só voz.Efeito parecido já foi visto anteriormente durante as eleições, a direita unida pedia Bolsonaro presidente na ocasião!Agora, passada a eleição é hora de definir a presidência do senado federal. E as redes sociais se levantaram mais uma vez pedindo FORA RENAN e RENAN NÃO!Essa é a resposta do povo perante a velha política! Queremos um presidente do senado novo, comprometido com o Brasil e não com pautas ideológicas.
ATENÇÃO! Não use hashtag nos grupos do Facebook, eviter ser bloqueado! Prefira sempre subir hashtags no Twitter e Instagram!


Todo apoio ao povo, vamos continuar nos manifestando!

Bolsonaro é a mudança!
fonte:https://www.brasil316.com.br

domingo, 16 de dezembro de 2018

Com a chegada da 4ª Frota enviada por Trump para patrulhar costa do Brasil, aviões da Rússia enviado à Venezuela retornaram ao país


Os aviões que a Rússia enviou à Venezuela na segunda-feira já retornaram ao país. O objetivo era um exercício militar conjunto. Será?Além de dois bombardeiros Tu-160, capazes de transportar armas nucleares, participaram da manobra um avião cargueiro An-14 e um avião de passageiros Il-62.-No entanto, o presidente americano,Donald Trump, enviou ao Brasil sua 4ª Frota de Destróiers para patrulhar costa do Brasil."A tripulação trabalha diligentemente durante uma evolução de ancoragem seguida de uma breve parada para o combustível em belo Salvador, Brasil! Par Excelência!!", publicou USS Ramage DDG61 no Facebook.
FONTE:https://www.brasil316.com.br

“Se Maduro entrar no Brasil, deverá ser preso”, diz Janaína Paschoal sobre polêmica

Também pelo Twitter, o futuro ministro de Relações Exteriores alegou que não há lugar para Maduro em uma celebração da democracia e do triunfo da vontade popular brasileira.

Dilma já tem seu certificado oficial de ré por organização criminosa do PT



A ex-presidente Dilma Roussef passou a integrar o grupo de elite do Partido dos Trabalhadores na semana passada, após conquistar seu primeiro "Certificado" de ré por organização criminosa. A petista está no bolo da denúncia aceita pela Justiça Federal do Distrito Federal, que transformou em réus por organização criminosa os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff, os ex-ministros da Fazenda Antonio Palocci e Guido Mantega, além do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto.

A decisão é do juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília. O magistrado afirma que a denúncia do Ministério Público Federal é “idônea e formalmente apta a dar início à ação penal”.

O MPF afirma que os petistas formavam uma organização criminosa e foram responsáveis por desvio de R$ 1,48 bilhão na Petrobras através de esquema com empreiteiras como a Odebrecht, OAS, UTC e Andrade Gutierrez.

“Pelo menos desde meados de 2002 até 12 de maio de 2016, os denunciados, integraram e estruturaram uma organização criminosa com atuação durante o período em que Lula e Dilma Rousseff sucessivamente titularizaram a Presidência da República, para cometimento de uma miríade de delitos, em especial contra a administração pública em geral”, diz o MPF
FONTE:https://www.imprensaviva.com/
Proxima  → Inicio

radioweb

Total de visualizações

Postagens mais visitadas

Seguidores

globo visitas